Você sabe o que são caridade e fraternidade?

Outro dia fui obrigada a ir até um bairro bem agitado de SP, uma região onde advogados e empresários bem vestidos, são vistos em seus carros luxuosos e usando seus smartphones caríssimos…
Em contrapartida, as mesmas ruas são abarrotadas de ambulantes e pedintes indo e vindo, sem saber como vão fazer para ter uma refeição até o final do dia.
Ali pude perceber como ainda somos mesquinhos, como não conseguimos fazer o bem a um irmão que necessita.
Em meio a aquela realidade, todos os carros andavam com seus vidros fechados, “separando os mundos”.
Os irmãos necessitados, muitas vezes alcoolizados, sujos e famintos, andavam entre os carros pedindo auxílio daqueles que mau olham em seus olhos cansados do sofrimento diário.
Para minha surpresa, um deles se dirigiu a mim, bateu no vidro e pediu que eu abrisse.
Com o discurso pronto abri, mas antes que eu falasse qualquer coisa aquele irmão me pediu um sorriso, falou que era apenas isto que ele precisava para renovar suas energias e seguir seu dia confiando que terminaria muito melhor do que havia começado.
Sorri envergonhada, meus olhos se encheram de lágrimas e só tive uma palavra a dizer: PERDÃO!!!
Ele sorriu de volta e me reverenciou com profunda gratidão, me ensinando que é um ser muito melhor do que eu…
Desde então nunca mais serei a mesma!
Se vc se deparar com uma situação assim, não perca a oportunidade de ser igual aquele que a sociedade despreza, ele é seu irmão e filho de um único Deus!
Namastê

O 4o rei mago!

Esta história tem autor desconhecido, recebi pelo whatsapp e no dia de hoje, para mim, traz o significado da minha vida!

Namastê 🙏

********

Há uma lenda, que sem fazer parte da Revelação, nos ensina o que Deus espera de cada um de nós.

Conta-se que havia um quarto Rei Mago, que também viu brilhar a estrela no firmamento e decidiu segui-la. Como presente pensava oferecer ao Menino um cofre cheio de pérolas preciosas. Contudo no seu caminho foi encontrando diversas pessoas que iam solicitando a sua ajuda

Este Rei Mago ajudava-as com alegria e diligência, e ía deixando uma pérola a cada pessoa. Isso foi atrasando a sua chegada e esvaziando o cofre. Encontrou muitos pobres, enfermos, condenados e miseráveis, e não podia deixar de os atender. Ficava com eles o tempo necessário para lhes aliviar os seus sofrimentos e depois retomava o seu caminho que era interrompido inevitavelmente por outro desvalido.

Sucedeu que quando por fim chegou a Belém, já os outros Reis Magos não estavam e até mesmo o Menino havia fugido com os pais para o Egipto, pois o rei Herodes queria matá-lo. O Rei Mago continuou a procurá-lo, mas agora já sem a ajuda da estrela que antes o guiava.

Procurou, procurou… dizem que levou mais de trinta anos a procurar o Menino e a ajudar os necessitados. Até que um dia chegou a Jerusalém, mesmo no momento em que uma multidão enfurecida pedia a morte de um pobre homem. Olhando-O, reconheceu em seus olhos algo familiar. Entre a dor, o sangue e o sofrimento, podia ver nos seus olhos o brilho daquela estrela.

Aquele miserável que estava a ser justiçado era o Menino que havia procurado por tanto tempo.

A tristeza encheu-lhe o coração já velho e cansado pelos anos. Embora ainda guardasse uma pérola na sua bolsa, era tarde demais para a oferecer ao Menino que agora carregava uma cruz às costas. Havia fracassado na sua missão. E sem ter mais forças nem para onde ir, ficou em Jerusalém à espera que chegasse a sua hora.

Passaram três dias quando uma luz intensa, mais brilhante que a luz de mil estrelas, encheu o seu quarto. Era a luz do Ressuscitado que vinha ao seu encontro! O Rei Mago já débil, caiu de joelhos perante Ele, tirou a pérola que restara da bolsa e estendeu-lha na sua mão, enquanto fazia uma reverência. Jesus amparou-o com ternura e disse-lhe:

“Tu não fracassaste.
Pelo contrário, encontraste-me durante toda a tua vida.
Eu estava nu e vestiste-me.
Eu tive fome e deste-me de comer.
Eu tive sede e deste-me de beber.
Eu estava preso e visitaste-me.
Pois eu estava em todos os pobres que socorreste no teu caminho.
Muito obrigado por tantos presentes de amor!
Agora estarás comigo para sempre, pois o céu é a tua recompensa. ”

A história não requer explicação…somos o quarto Rei Mago e Jesus espera que O encontremos em cada pessoa necessitada que cruze o nosso caminho… hoje termina o tempo do Natal…mas desejo que a Epifania – esse encontro com Jesus que vive em cada irmão e irmã que sofre – nos acompanhe durante todos os dias deste ano que começa.

Paz e Luz !

Feliz Ano Novo!!! 🍾🥂

Para encerrar um ciclo, nada melhor que a prática da gratidão!

Quando agradecemos, curamos as mágoas e abrimos nossos corações para o novo, para a renovação!

2019 foi um ano difícil mas resistimos e estamos aqui, seguindo em frente, cheios de fé e esperanças…

Que venha 2020, com todas as suas bênçãos, estaremos com os sorrisos largos, os braços abertos para te receber num caloroso abraço.

E sempre com a frase deixada pelo amado Jesus: orai e vigiai!

Feliz ano novo com um presente, pratiquem este mantra e tenham 365 novas oportunidades de amar e perdoar !!!

Namastê 🙏

💖💖💖💖💖💖💖💖💖💖💖💖💖💖

*MANTRA DA GRATIDÃO*

Autoria Joanna de Ângelis –
Livro Reforma Íntima

Gratidão a vida que me inspira, me renova e me dá chances de evoluir diariamente.

Gratidão ao lugar onde estou aqui e agora, pois esse lugar precisa de mim e eu dele.

Gratidão a todos os órgãos do meu corpo que funcionam em plena harmonia e perfeição.

Gratidão a casa onde moro, que me serve de refúgio e descanso.

Gratidão as oportunidades de trabalho, conquistas, sucesso e evolução que se abrem diante de mim diariamente.

Gratidão a cada dívida paga, porque dessa forma honro meu nome, honro meus compromissos e meu dinheiro se multiplica.

Gratidão a tudo aquilo que eu compro, adquiro pois é fruto do meu trabalho.

Gratidão a todas as pessoas que cruzam meu caminho.

Gratidão as pessoas que me fizeram mal, porque assim desenvolvi força e coragem para seguir sempre adiante.

Gratidão as pessoas que me fizeram bem, porque assim me senti muito amado e abençoado.

Gratidão a todas as oportunidades de sucesso financeiro e pessoal que recebo, identifico e aceito.

Gratidão a mim mesmo que encontro a gratidão em todas as pessoas, coisas e fatos.

Gratidão ao Universo inteiro, que conspira a favor de cada pensamento meu, por isso escolho com cuidado tudo aquilo que penso, falo ou desejo.

Gratidão ao Deus maravilhoso que existe dentro de mim, sou parte de Sua divindade e por isso espalho luz, amor e paz onde quer que eu esteja.

Gratidão, Gratidão, Gratidão!

Fases da vida!

De 7 em 7 anos a sua vida muda completamente.

A teoria dos setênios é um dos pilares da antroposofia, linha de pensamento criada pelo filósofo Rudolf Steiner. Os ciclos dos sete anos servem e impactam muito para alertar sobre as mudanças que podem vir a acontecer.

Saber qual o ciclo você está vivendo é muito importante para seguir seu caminho de maneira mais saudável e aproveitando de maneira muito mais efetiva as oportunidades que possam vir a surgir.

O número 7 é, por natureza, um número místico dotado de muito poder em quase todas as culturas conhecidas. Dessa forma, os ciclos da natureza também respeitam uma subdivisão possível de múltiplos de 7.

Nos três primeiros ciclos, que compreendem dos 0 a 21 anos, chamados “setênios do corpo”, é quando se amadurece o corpo físico e também acontece a formação da personalidade.

Os três ciclos seguintes, dos 21 aos 42 anos, são conhecidos como “setênios da alma”. É a fase em que, superadas as experiências básicas da vida, a pessoa se insere na sociedade e faz as escolhas.

Só a partir dos 42 anos, nos últimos setênios, há usufruto da vida com maturidade, profundidade e espiritualidade. No caso das mulheres, a divisão por setênios ajuda a entender os processos do feminino, que vão do amadurecimento à capacidade reprodutiva até a menopausa, quando as forças da reprodução se transformam em força do pensar mais ligadas à introspecção, possibilitando uma ampla visão de vida.

A seguir, conheça um pouco das características de cada setênio.

Dos 0 as 7 anos de idade: ninho Interação entre o individual (adormecido) e o hereditário. Há ainda o encontro entre a parte espiritual da individualidade e a parte biológica, preparada após a fecundação no ventre materno. A hereditariedade está bem marcada nas células do corpo no 1º setênio, pela ação das forças herdadas, e são armazenadas nos rins para a vida inteira. Nessa idade, porém, a presença da mãe é fundamental, até que aos sete anos a criança se torne autônoma.

Dos 7 aos 14 anos: troca São os mais importantes porque os alicerces da vida estão sendo assentados. É nesta fase que o mundo externo aparece e, se descobre como se manifestar nesse mundo. Esquematizando de forma gráfica este movimento, há forças entrando e forças saindo. A característica desse setênio é a troca.

Dos 14 aos 21 anos: puberdade/adolescência e crise de identidade Esta fase é marcada pelo princípio da fertilidade. Este ciclo marca um período transitório, a saída da infância e a chegada da adolescência. Um período quase sempre marcado por grandes conflitos existenciais e um turbilhão emocional. Neste ciclo muitas escolhas são feitas, podemos dizer que é neste momento em que nos posicionamos em relação à sociedade, às pessoas e ao mundo.

Dos 21 aos 28 anos: limites Músculos e ossos estão fortes e homem e mulher atingem o ápice da fertilidade. Como se inicia a fase da alma, surge a emoção e dúvidas como: “Escolhi a profissão certa? Quais talentos e aptidões eu deixei para trás? Consegui uma boa relação com o mundo, com o trabalho, com a família e comigo mesma?” Nesta fase, geralmente, identificamos nossas principais afinidades e gostos. Este ciclo deve ser bastante dedicado a fazer planos e a consolidar princípios e valores.

Dos 28 aos 35 anos: fase organizacional Nesta fase vem a crise do talento: “Será que estou no caminho? Qual o caminho a seguir?” Também há questões sobre intelecto e índole próprios: “Ocorreu alguma mudança importante na minha vida nos últimos tempos?”

Dos 35 aos 42 anos: crise de autenticidade É a fase da alma e da consciência. As perguntas são: “O que farei daqui pra frente, agora que já passou metade da vida? Acrescentei novos valores à minha vida? Encontrei minha missão?”

Dos 42 aos 49 anos: altruísmo x manter a fase expansiva “Estou desenvolvendo alguma criatividade nova? Como está meu casamento? E meus relacionamentos. Como está a relação com meus filhos? Estou procurando ou já encontrei um novo lazer para esta fase?” O sétimo ciclo é marcado pela necessidade de se ter por perto pessoas com quem você possa contar.

Dos 49 aos 56 anos: ouvir o mundo. Esta é, sem dúvida a fase mais inspirativa da vida. Com forte relação emocional, neste ciclo a moral é muito valorizada e concretizada . É um momento marcado por obtenção de conquistas, fechamento de ciclos e ações iniciadas. É um ciclo também marcado pela busca, pelos objetivos, princípios e novos prazeres. Está é uma fase inspirativa e moral.

Dos 56 aos 63 anos: abnegação. É a etapa mística ou intuitiva. O que eu consegui realizar? Como estou cuidando do corpo, da memória, dos órgãos dos sentidos? Você se torna totalmente o que você está para ser, o florescimento potencial. Nesta fase é essencial dedicar- se a si mesmo.

Dos 63 aos 70 anos: sabedoria. É a “fase do mestre” e mostra a aura interiorizada e luminosa. É neste ciclo que atingimos nosso “eu” maior e restabelecemos uma conexão com nossa infância.
Geralmente, é neste ciclo em que encontramos a liberdade da preocupação e passamos a viver com serenidade emocional.

Namastê

Nina Greguer

Renovar sempre!

2019 está chegando ao fim, muitos corações estão escuros e magoados por situações vividas ao longo deste ano.

Muitos perderam entes queridos, tiveram a saúde comprometida, perderam bens materiais, se decepcionaram com companheiros e amigos…

Tudo isto acontece pois estamos em uma escola, o Universo nos trás aquilo que necessitamos passar para nossa evolução como ser humano.

Se você está passando por momentos difíceis lembre-se que Jesus agonizou na cruz por nós, todo o sofrimento que ELE passou foi por amor e através deste amor entendemos que tudo terá fim, aguente firme, mantenha sua fé e as esperanças que em 2020 tudo será melhor, tudo será novo, tudo será abençoado!

Sorria, o mundo é iluminado pelo mesmo sol e amado pelo mesmo Deus!!!

Namastê 🙏🏻

Lição Basica

A vida na Terra é uma aventura, um presente que Deus nos dá para aprendermos e evoluirmos.

Mas nós esquecemos que a chave para está evolução é a prática diária do amor e do perdão.

Falar ė fácil…

Não aprendemos o que é amar e perdoar!

Amamos nossos familiares, perdoamos nossos filhos mas o restante do Universo apenas toleramos.

Onde está nossa evolução se não conseguimos praticar o básico?

Da próxima vez que você se deparar com uma oportunidade de evolução, antes de tomar qualquer atitude, pense o que vc ganhará com a revolta, a mágoa ou a vingança?

Aposto que a resposta racional será NADA!

Então este é o momento de aplicar a lição: perdoa e ama seu próximo, agradeça pois é melhor ser ferido do que ferir!

Aquele que fere tem o peso da consciência que cobra, a culpa que corrói o coração.

O ferido tem a paz do perdão e a leveza no coração!

Namastê 🙏🏻

Para refletir… Chorei!

SE EU PUDESSE VIVER DE NOVO

Eu teria ficado na cama quando estava doente em vez de achar que o mundo iria desabar se eu não fosse trabalhar naquele dia.

Eu teria acendido a vela cor-de-rosa esculpida em forma de flor antes que ela derretesse por estar guardada.

Eu teria falado menos e escutado mais. Teria convidado amigos para jantar mesmo que meu tapete estivesse manchado ou que o sofá estivesse desbotado.

Eu teria comido pipocas na sala “boa” e me preocupado bem menos com a sujeira quando alguém quisesse acender a lareira.

Eu teria escutado com mais atenção as histórias que meu Pai contava sobre a sua juventude.

Eu teria dividido mais responsabilidades com meu marido. Eu jamais iria insistir para que as janelas do carro fossem fechadas num dia de verão porque meu cabelo estava bem penteado.

Eu teria gargalhado e chorado menos na frente da televisão e mais enquanto observava a vida.

Eu teria me sentado na grama mesmo que ficasse com a roupa manchada.

Eu jamais teria comprado algo apenas por ser prático, disfarçar a sujeira ou com garantia de duração por toda a vida.

Em vez de desejar que passassem logo os nove meses de gravidez, eu teria apreciado cada momento e compreendido que a maravilha que estava crescendo dentro de mim era minha única chance na vida de ajudar Deus a fazer um milagre.

Quando minhas crianças me beijassem impetuosamente, eu jamais iria dizer: “Depois. Agora, vá lavar as mãos para o jantar”. Haveria mais “Eu te amo”. Mais “Desculpe”.

Porém, mais do que tudo, se eu tivesse outra chance, aproveitaria cada minuto, prestaria realmente atenção, viveria intensamente.

Pare de preocupar-se com coisas insignificantes. Não dê importância a quem não gosta de você, a quem tem mais, ou quem está fazendo o quê. Em vez disso, aprecie e valorize os relacionamentos que você tem com aqueles que lhe querem bem.

Vamos pensar sobre as bênçãos que recebemos, e o que fazemos todos os dias para melhorarmos mentalmente, fisicamente, emocionalmente.

( Gabriella Kormann)

Como será seu futuro?

Como será seu futuro?

Muitas pessoas estão vivendo por viver, seguem uma rotina imposta pelo próprio comodismo e hj encontram-se sem sonhos, sem projetos…

Elas não são infelizes, ansiosas ou depressivas, apenas são pessoas que não tem perspectiva para nada.

O tempo foi passando e elas foram se acostumando com tudo, sem questionar, sem refletir.

Muitos se apoiaram nas crenças religiosas e justificaram tudo como sendo o desejo de Deus para elas, mas se isto fosse verdade então acreditamos que Deus faz diferença entre seus filhos, Ele amou mais Marilyn Monroe do que Stephen Hawking?

Claro que não, nossa vida toda é resultado de nossas escolhas, de nossas ações e de nossas crenças.

Saia da área de “conforto”, identifique seus sequestradores de tempo e energia, rompa com tudo que te paraliza, olhe seu futuro a curto, médio e longo prazos. Inicie agora pequenas mudanças e em breve você será sua melhor versão.

Nossa passagem pela Terra é muito rápida, deixe sua marca no Universo quando partir!

Namastê 🙏🏻

Retomando o controle!

Somos bombardeados por energias densas e sentimos em nosso organismo os resultados.

Dormimos e acordamos ainda cansados, trabalhamos muito e não concluimos nossas tarefas, nos alimentamos além do necessário, criamos um ciclo de auto destruição e não fazemos nada para mudar.

Nossos Chakras vão enfraquecendo e perdendo suas formas, dequilibrando nossas energias e com o tempo toda esta oscilação induz a mudança de nosso padrão energético, refletindo em nosso corpo físico na forma de doenças!

O autoconhecimento é a chave para pararmos este processo.

Se vc está frágil e perdendo suas energias, pare alguns minutos, se isole e em silêncio esvazie sua mente dos problemas, respire fundo e sinta o ar em seus pulmões, tome água fresca e sinta a limpeza de todo seu organismo, ore ou medite, agradeça a Deus por todo aprendizado que as adversidades te proporcionam.

Perceba o bem retomar em seu íntimo e siga renovado e feliz, o “seu Universo” recuperou o equilíbrio!

Namastê 🙏🏻

Doença crônica?

Estamos todos doentes…

O ser humano está com a doença do “descuido crônico”…

Todo o tempo nos descuidados de algo, em meio a uma conversa nos descuidamos e paramos de ouvir, muitas vezes falamos sem pensar pois nos descuidamos de como o outro vai entender o falado, ao volante nos descuidamos e não seguimos o fluxo qdo o farol abre, no mercado nos descuidamos e compramos o que não precisamos e esquecemos o que fomos comprar…

Tudo isto vem acontecendo pois estamos vivendo por viver, não temos mais foco, a “alta performance” e outros modismos nos fez querer ir além, mas além do que?

Se vc está identificando seus descuidos, desacelere, respire, reze, medite. Tanto você quanto aqueles que estão ao seu redor merecem sua presença por inteiro!

Namastê 🙏🏻